Barraco Estúdio

Resultados do GRUPO DE ESTUDOS EM FOTOGRAFIA 2014

A primeira edição do Grupo de Estudo em Fotografia aconteceu entre agosto e dezembro de 2014. Foram 4 meses de imersão no processo de criação dos alunos, em um ambiente repleto de debates e troca de ideias.

Os trabalhos resultantes dessa experiência podem ser conferidos abaixo.

A próxima turma começa no dia 23/02/15
Para mais informações: http://www.barracoestudio.com.br/grupo-de-estudos-em-fotografia/

 

RICARDO ARA

Ao sul de lugar nenhum (BR-116)

Essa é primeira parte de um projeto de longo prazo que Ricardo Ara está desenvolvendo sobre a maior rodovia brasileira. Para Ricardo, a BR-116 é “uma estrada que cruza o país a margem do imaginário nacional”, e que, apesar de ligar o país inteiro, “faz questão de começar do zero em cada estado”.

br06_web

 

 

br05_web

 

 

br04_web

 

 

IARA NUNES

Sem título

Pode-se dizer sobre o trabalho de Iara Nunes o mesmo que o fotógrafo Garry Winogrand dizia sobre suas motivações ao apontar a câmera para determinada cena: “Eu fotografo para descobrir como algo parece quando fotografado”. Mas, diferente dos instântaneos do mestre norte-americano, nas fotos de Iara não se vê urgência, caos. Tudo em seu olhar sugere um tempo suspenso, enlevado. Ou ainda, o “desassosego” de Fernando Pessoa: “É em nós que as paisagens têm paisagem. Por isso, se as imagino, as crio; se as crio, são; se são, vejo-as como às outras.”

iara_nunes_1

 

iara_nunes_2

 

iara_nunes_4

 

 

CAROLINA MASCIA

Destempo

Segundo palavras da autora, a série “Destempo” nasceu “da tentativa de representar percepções e sensações íntimas, visando a captura de algo tão volátil quanto o sentimento de um instante. A sobreposição de imagens fotográficas busca acentuar tanto as semelhanças quanto as diferenças existentes de um momento a outro, resultando em uma junção que une diferentes instantes temporais, mas um mesmo bloco de sensações.”

Destempo- Destempo--4 Destempo--3

 

JOÃO VICENTE RIBAS

Pampurbana

João Vicente Ribas tem uma longa relação com a cultura do Sul do Brasil, tema que explora em “Pampurbana”. Com um olhar crítico e bem humorado, João se distância da ideia folclórica e mítica do “gaúcho”, e investiga a representação dessa figura no senso comum do estado do Rio Grande do Sul, fotografando festas populares, desfiles temáticos e acampamentos com ares rurais montados em áreas urbanas de grandes cidades.

 

IMGP367722

 

IMGP369122

 

IMGP370022

 

 

SAMUEL GAMBOHAM

Sem título

A aventura de Samuel Gamboham consiste em sair pela cidade não em busca de momentos, mas de fatos. Mas não do fato jornalístico, aquele com pretensões de ser “informativo”, “objetivo”. Sua busca é pelos fatos mais banais, cotidianos, por vezes vazios de sentido. Fatos que de tão ordinários se tornam invisíveis e que, fotografados por Samuel, metamorfoseiam-se em fatos do absurdo.
A aventura de Samuel é também uma aventura pela própria “fotografia de rua”, um diálogo com seus pares que, ao se colocarem no mundo, estão constantemente nos ensinando a ver.

 

Formatura Lucas

 

Formatura Lucas

 

 

Formatura Lucas

 

 

MARCELA FAGUNDES

Sem título

Antes da festa, Marcela Fagundes fotografa os ambientes prontos para receber os convidados. Dissociados daquilo que os faz existir – a alegria, o júbilo, a diversão – esses cenários parecem deslocados, por vezes melancólicos.

 

DSC_0152

 

DSC_0559

 

marcela07

 

 

RICARDO NEVES

O Arquipélago

Em “O Arquipélago”, Ricardo Neves faz um estudo do ambiente de um departamento de Tecnologia da Informação. Como uma antropólogo que olha pela primeira vez um ambiente desconhecido, Neves faz uma pesquisa minuciosa sobre o isolamento e as conexões em nossa sociedade que vive constantemente “plugada”.

 

NIKON D700__RIN6082

 

NIKON D700__RIN6143

 

NIKON D700__RIN6595

 

 

DEBORA PIVA

Colcha de retalhos

Seguindo uma tradição de família, Debora Piva trabalha com agulha e linha. Sua produção é uma colcha de retalhos feita a partir da trama de suas memórias. Debora apropria-se de seu álbum de família, agrupando exautivamente todas as imagens presente nele em um único grande tecido. Um ato que tenta dar conta de narrar a própria história – que em certa medida se assemelha a história de todos, com suas pequenas alegrias e dramas cotidianos.

 

01

 

02

 

03

 

 

TIAGO CAPELLINI

Sem título (Caxias do Sul)

Caxias do Sul é a cidade mais importante da serra gaúcha, região conhecida por ter sido colonizada por imigrantes italianos. Em grande parte, a região vive da produção de vinho e do turismo que exalta suas semelhanças com a paisagem européia.
Neste projeto em andamento, Tiago Capellini lança seu olhar  – por vezes trági-cômico e nada nostalgico – sobre a “Pérola da Serra”.

 

tc_caxias_01

 

tc_caxias_03

 

tc_caxias_07

Voltar